Políticas, Normas e Regulamentos

As Políticas, Normas e Regulamentos Institucionais tem por objetivo garantir qualidade, segurança, transparência e ética na realização dos processos, bem como, o cumprimento das legislações vigentes (federais, estaduais e municipais).

Políticas Institucionais

As Políticas Institucionais tem o objetivo de dar maior transparência a gestão e processos internos.

Os documentos (Políticas Institucionais), visam a qualidade, segurança, transparência e ética na realização dos processos nas unidades sob gestão da SPDM, bem como o cumprimento das legislações vigentes nos âmbitos Federais, Estaduais e Municipais.

As diretrizes básicas das Políticas da SPDM:

  • Utilizar-se da cultura da sustentabilidade com o uso racional dos recursos financeiros;
  • Estabelecer procedimentos coerentes ao negócio, legais e documentados;
  • Fazer proveito da expertise técnica e administrativa, no estabelecimento de padrões técnicos, administrativos e éticos, afim de mitigar quaisquer riscos (controles internos);
  • Estabelecer de forma correta, justa e com equidade as linhas de defesa e segregação de função;
  • Proceder com a salvaguarda dos documentos com integridade, seguindo as normas e prazos legais.

São as Políticas Institucionais instituídas:

  • Administração de Pessoal
  • Comitê Técnico de Qualificação de Fornecedores
  • Compras
  • Contratos
  • Gestão de Estoque
  • Meio Ambiente
  • Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho
  • Qualidade e Segurança do Paciente
  • Tecnologia da Informação
  • Gestão de Risco

Políticas aprovadas pelo Conselho Administrativo da SPDM.

Normas e Regulamentos Institucionais

As Normas e Regulamentos Institucionais, visam estabelecer e disseminar diretrizes que norteiam as atuações e práticas dos profissionais da SPDM em unidades sob sua gestão, assim como as múltiplas formas de contato destes, seja no nível interno, nas interfaces multiprofissionais, seja no âmbito externo nos contratos com público de forma geral.

Os profissionais devem seguir a norma para a realização de suas práticas profissionais, entretanto, não devem se limitar a ela, utilizando-se das diversos, respeitando a sua hierarquia (legislações, códigos de conduta, políticas, regulamentos e manuais de operação).

Documentos Institucionais, documentos operacionais gerais e específicos de áreas e/ou serviços, órgãos profissionais, legislações vigentes e qualquer outro de cunho técnico e legal, devem resguardar o processo operacional e decisório.

São as Normas e Regulamentos Institucionais instituídos:

  • Norma de Administração de Pessoal
  • Regulamento de Administração de Pessoal
  • Norma do Comitê Técnico de Qualificação de Fornecedores
  • Norma de Compras
  • Regulamento de Compras
  • Norma de Contratos
  • Norma de Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho
  • Norma de Qualidade e Segurança do Paciente
  • Norma de Tecnologia da Informação
  • Norma de OPME